Governadores tucanos escolhem ficar ao lado de 7,7% da população que ainda apoia Dilma. Em troca de uns caraminguás e contra mais de 80% dos brasileiros.

Querem fazer a coisa certa, senhores governadores tucanos? Sentem com a presidência do partido e as bancadas no Congresso, tirem uma pauta com cinco pontos em comum, nomeiem um interlocutor e vão para esta reunião com a Dilma. Isto é ser Oposição. Agora, juntar meia dúzia de sorrisinhos beirando a idiotice para tentar sair bem na foto, não vai levar a nada. Neste momento, os governadores tucanos estão ficando ao lado dos 7,7% que ainda apoiam Dilma e contra a maioria do povo brasileiro. Acham que sairá alguma solução desta reunião? Não há pauta bomba alguma contra os governos estaduais no Congresso. Muito antes pelo contrário. Nunca o pacto federativo esteve tão perto de ser votado, por exemplo. O que sairá desta reunião? Uma bela foto para que Dilma faça o marketing da união entre os executivos para pressionar o Congresso que tem lutado como nunca a favor dos governadores. Que as bancadas esqueçam os governadores, pois nenhum busca a reeleição. Governador não é oposição. Todos os tucanos querem ser presidente, a não ser o Azambuja que a gente nem sabe direito qual o Mato Grosso dirige e o Jatene lá do Pará. E nenhum, cá entre nós, tem a mínima condição de sê-lo.

(Estado)  Em São Paulo, governadores tucanos indicaram que vão endossar o pedido da presidente para que ajudem a impedir que o Legislativo aprove “pautas-bomba” – aquelas que elevam as despesas e ameaçam o ajuste fiscal – e gere gastos em cascata nos Estados.

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), afirmou que não interessa a nenhum governador “o prolongamento da crise econômica”. “É preciso conversar muito, todos nós, sobre as dificuldades que os governos enfrentam por causa da recessão”, disse o tucano, após participar da abertura de uma feira agrícola no centro de exposições do Anhembi, na zona norte de São Paulo.

Também presente no evento, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), disse que a pauta do Congresso não pode “desencadear desequilíbrios” nas contas públicas, especialmente agora em que os Estados passam “por momentos de dificuldades”. “Já pedimos ao Senado e à Câmara que não votem pautas que imponham despesas e comprometimentos aos Estados sem previsão de receita. Porque nós já fomos surpreendidos por esse momento de dificuldades”, declarou o tucano. “Essas pautas têm desencadeado uma série de desequilíbrios. Eu acho que essa pauta deve ser comum, servindo à União e aos Estados.”

Para o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), é preciso evitar a criação de novas despesas. “Devemos ser responsáveis o suficiente para o quanto a crise está prejudicando o País e, consequentemente, todas as unidades da federação, sobretudo na arrecadação.”

Anfitrião do encontro, o governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), disse apenas que vai para a reunião com a disposição de defender medidas que gerem empregos. O Planalto pretende mostrar no compromisso com os governadores que, apesar das dificuldades, o governo tem rumo e poderá sair da crise.

‘Natural’. O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), ressaltou ontem que a ida de governadores do partido à reunião convocada pela presidente é “natural”, mas não significa apoio à petista. “É absolutamente natural que governadores, independentemente de serem da oposição ou da base do governo, se reúnam com a presidente da República, por mais fragilizada que ela esteja”, disse. “Em relação aos governadores do PSDB, o que não se cogita é qualquer manifestação de apoio a esse governo.”

43 comentários

A nota do Aécio é bem clara.

Reply

Inacreditável! Só podem ter o rabo preso. Com a palavra Excelentíssimo Sérgio Moro.

Reply

Coronel,

Lá vão os "tucanetes" repetir seu erro histórico de garantir a tal "governabilidade".

AVISO: - Tem governador da BASE que vai ficar em casa!!

JulioK

Reply

Me causa espécie a facilidade e a capacidade que o Alckmin possui de criar factoides a favor da presidANTA.

Reply

Sou paulista! Se o Sr. Alckmin escolheu o lado dos 7,7%, que apoia este desgoverno, eu faço parte dos 80%: ALCKMIN, NUNCA MAIS!

Meu candidato 2018 é AÉCIO NEVES!, que demonstra estar do lado da população, ou seja dos 80%.


FORA ALCKMIN !
FORA PT!
FORA DILMA!


Dia 16/AGOSTO, VAMOS TODOS PRA RUA!



Chris/SP

Reply

Revoltante!!!!!

Reply

Isso quer dizer que o brasileiro é muito temido, respeitado, levado a sério e principalmente que vivemos SIM numa democracia plena com instituições sólidas onde seus mandatários, legisladores e seu judiciário honram com todas as forças e empenho a sociedade honestíssima, trabalhadora, preocupada, guerreira e gloriosa que os colocaram lá em cima para construir esse exemplo de civilização. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Reply

Coroné, pode apostar, nenhum deles se elege pra nada, que ver,pois estão bajulando aquilo que tem de pior hoje, pois com mais de 90% de rejeição do povo,esse governo está morto e enterrado, eles estão procurando serem enterrados também, principalmente o chuchu, que meu voto jamais terá.

Reply

Eu não voto mais no Alckmin. Este é um momento de coragem e não de conivência. Tenho um comentário sobre a proposição do Juiz Dallagnol que circula pela internet. Tenho algumas sugestões. 1- Por que um formulário tão burocratizado se podemos usar um meio mais fácil e rápido para colher as assinaturas de forma digital. Por mais envolvidas que as pessoas estejam, muitas não gostam de ser abordadas para assinaturas e outras ações. Quem estiver coletando será considerado um chato. Esta é a pura verdade.
2- o nome e o CPF ou RG deveriam ser suficientes. Nome da mãe, atestado de vacina endereço, e outros detalhes, são pura perda de tempo e demonstração do espírito burocrata de nossas autoridades e instituições mesmo quando são bem intencionados. Qualquer pessoa pode ser identificada pelo RG ou CPF.

Por último, tomei a liberdade de acrescentar mais oito itens que acredito são tão necessários quanto os outros
Vejam o conjunto:

1. Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos
2. Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2
3. Reforma do sistema de prescrição penal
4. Diminuição dos recursos no processo penal
5. Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação
6. Aumentos das penas e classificação de crime hediondo para corrupção de altos valores
7. Celeridade nas ações de improbidade administrativa
8. Ajustes nas nulidades penais
9. Recuperação do lucro derivado do crime
10. Prisão preventiva para assegurar a devolução do dinheiro desviado
11. Aumento de 30 a 50% da pena como agravante para crimes cometidos por agentes dos três poderes
12. Extinção do foro especial e limitação drástica das progressões de pena
13. Implementação de uma lei específica definindo atos de terrorismo e as penas cabíveis
14. Aumento do período de permanência na prisão para crimes graves
15. Banimento de partidos e instituições que se apresentem como comunistas, socialistas, bolivarianas e qualquer denominação que seja contrária à pratica democrática
16. Revisão dos textos de lei para que todos os crimes tipificados sejam enquadrados no mesmo texto da lei, sem a inclusão de diferenciação de classes ou comunidades (racismo - homofobia - feminicídio - etc.)
17. Extinção do estatuto do menor e adolescente (manutenção de seus nomes nas fichas criminais e de antecedentes)
18. Redução da maioridade penal e definição da aplicação de penas para menores de idade
É claro que nem todos vão concordar, mas caberia uma coleta de assinaturas pela Internet. Bom dia a todos

Reply



Simples ASSIM.!. Tomando esta atitude eles dão o seguinte recado.
Estamos de acordo com tudo que esta desgovernANTA tem feito nestes últimos 13 anos juntamente com seu padrinho de maracutaias.!!!.
Ou seja, todos de rabo preso com o CorruPTos.!!!.

Reply

Um erro tremendo! Neste momento eles deixam de estar do lado do povo para estar do lado da mentira e de Dilma Rosself. Contudo, dia 06/08 panelaço e dia 16/08 Mega manifestacao estão aí, e o povo vão mostrar que tomaram a decisao errada. Infelizmente muito destes gostariam de ter o carisma de Aécio, mas não tem.

Reply

O Brasil custou a descobrir que o PSDB -salvas as exceções - é PT por detrás!
Evidente, que FHC foi dos maiores ou o maior culpado, pois teria tirado o vigarista Lula outrora via impeachment!
Como disse Lênin: as 2 lãminas da mesma tesoura; vagabundos, traidores da pátria que estão ao lado do PT!

Reply

Ditadura comunista é assim mesmo.

Max Weber explica.

Reply

Lanterninha da educação, lanterninha da saúde, lanterninha da economia, lanterninha da inflação, lanterninha do desemprego, lanterninha do PIB...

Reply

Estes bostas não se elegem mais pra PN
No que depender de mim-

VÃO Á MERDA

Reply

O Perigo e o governador Perilo,declarar apoio incondicional ao que nao tem conserto,pois trata-se de mudar de Presidente.A Anta e doida e perigosa.

Reply

Cel
Esta vai ser uma Reunião de Bacanas!

Se gritar pega ladrão
Não fica um meu irmão
Se gritar pega ladrão
Não, não fica um

Se gritar pega ladrão
Não fica um meu irmão
Se gritar pega ladrão
Não, não fica um...

Átila

Reply

PSDB = Esquerda Light, PT = Esquerda Média, PSOL= Esquerda Radical, PMDB= vai para o lado de quem lhe der vantagens. E seque o baile...

Reply

Cel
Jamais votarei no Alkmin bunda mole para presidente, eu, que sempre votei nele. C'est finit!
Esther

Reply

Alguem esperava algo diferente de governadores? Qualquer um deles? Estão sempre com o pires na mão e assim se tornam claque de quem estiver em Brasília, seja lá quem for. Mas não apitam nada no que trata de política nacional.

Reply

PURA TRAIÇÃO...

Governadores TUCANOS escolhem ficar ao lado de 7,7% da POPULAÇÃO que ainda apoia DILMA. Em troca de uns CARAMINGUÁS e contra mais de 80% dos BRASILEIROS.
GERALDO (comunista) VOCE PERDEU. (vai pro PT).

Reply

O povo brasileiro tem que aprender a exercitar a memória, para não esquecer esses nomes e eliminar nas próximas eleições. Tranqueira ter que ser incinerado. Não dá nem pra lixo reciclado.

Reply
fred oliveira mod

Cel, não vejo problemas nessa reunião. Os governadores não estão apoiando dilma nem a eximindo de sua responsabilidade com esse momento do país. A nota do aécio diz tudo. E fora dilma.

Reply

O Reinaldo Azambuja, para sua informação, governa o Mato Grosso do Sul. Nesse afã de hostilizar os governadores tucanos, esse blog chega a ofender a população ordeeira, batalhadora e patriota do meu Estado.

Reply

Surpreendidos por esse momento de dificuldades? O governo tem rumo e poderá sair da crise? De que planeta são esses tucanoides?

Reply

Aqui em Curitiba estamos sugerindo ao Beto Richa que libere algumas preciosidades do seu staff para nos acompanhar em 16 de agosto, já que a boneca cruzou o lajeado.

Reply

A CORRUPÇÃO É PIOR QUE O TERRORISMO...

Reply

Coronel,

quem precisa de inimigos com uma oposição destas?

Flor Lilás

Reply

Que sabonete este Alckmin,chato, falso,traíra , Aecio luta sozinho com estes traíras, nao ganhou as eleições pelas divisão interna,
Alckmin com PSB como vc, subindo na palanque com Marina, e Serra um saco querendo se presidente a todo custo.
Este caras deveriam ir Alckmin para PMDB de onde veio, Serra também esta de braços dado com PMDB .Que ego tem estes cara?,
Quando e que vamos ver o PSDB indo ,Aecio foi um guerreiro, esta em 3 lugar lutou sozinho e so perdeu pelas urnas eletronicas e os contra do PSDB ,que cada um puxam a corada para o lado oposto
Jamais votaria no Alckmin, e ja ate trabalhei na campanha do Serra via internet,éramos um grupo muito grande tinhamos ate um site,
de todos os estado e com ideia invariâveis de programa, sonhamos muito, tinha gente muito boa ,mas hoje nao voto dele ,porque nao gosto do comportamento dele.

Reply

Estes governadores deveriam ser motivo de protesto na manifestação de 16 de agosto.

Reply

Que nojo. Vamos lembrar disso nas próximas eleições.

Tudo o que esses bundões tem de fazer é "pegar um resfriado" e não ir. Acabou. Fim.

Reply

É,como diz o ditado "os semelhantes se atraem".Esses Governadores que optaram pelo lado do mal seguindo o Alckmin podem esperar o resultado nas eleições.O guru petista enrustido que eles seguem perde nas pesquisas para todos os prováveis candidatos.O Alckmin não está com nada.Acabou,murchou.

Reply

Boa noite Coronel.

Vamos com calma, no seu afã em condenar os governadores, você está menosprezando a população do Mato Grosso do Sul e mostrando uma falta de conhecimento em política e geografia.

Concordo com as críticas quanto aos governadores em apoiarem na surdina a Dilma, porém sem menosprezo ao Estado que em sua maioria votou no Aécio e elegeu um governador tucano no lugar de um petralha.

Reply

Essa questão é bem complicada, mas o PSDB tem sido um péssimo estrategista.
Claro que o Governador tem que colocar os interesses do povo que o elegeu acima de questões partidárias.
MAS O QUE GERALDO ESPERA CONSEGUIR NESSA REUNIÃO?
Posar de bom moço?

Por tudo que vimos, até com confisco do PIS, a União está quebrada.
Se a União não tem dinheiro para nos mandar o que mais interessaria ao povo de SP?
A Dilma nem ganhou aqui.
Geraldo vai dar apoio em nome de quem!?

Se eu fosse Geraldo convenceria outros Governadores a adiar essa reunião para Setembro ou Outubro.

Isso faria pressão total em Agosto pelo Impedimento.

Se Dilma não cair em Agosto...daí tentaria um plano B.

Em termos de arrecadação Brasília não tem como dar as costas a SP.

Mas agora que ele disse que vai...é tarde demais para voltar atrás.

Os caras deveriam me consultar antes de tomarem certas decisões...HAHAHAHAHAHHH!

http://terapiadalogica.blogspot.com.br/2015/03/psdb-urro.html
_____________________

Reply

Huahuahuahuahuahuqhua

Reply

Dillma vai é distribuir mais cargos para aparelhar e petralhar ainda mais os estados.

Vem aí mais boquinhas para a ORCRIM.

http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2015/07/30/dilma-vai-distribuir-200-cargos-nos-estados-em-agosto-diz-eliseu-padilha.htm

É... os juízes como Sérgio Moro vão ter muito trabalho nos próximos anos.

E a conta do PT vai ficar ainda mais cara para os brasileiros Honestos.

É a falência do Brasil!

Reply

O país em crise financeira e Dillma vai criar mais gastos com mais cabides de emprego...

E os tais governadores com essa mentira de conter recessão...

A crocodilagem é geral.

Reply

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, não comparecerá a essa famigerada reunião. Em seu lugar, enviou a vice, Rose Modesto. Concordo com a grande maioria dos comentadores deste blog, os governadores dos partidos de oposição não deveriam participar desse factóide, considerando que Dilma e o PT são mentirosos e ardilosos e só buscam se manter no poder, apesar de toda corrupção e lama em que estão atolados. Digam não a esses bandidos e sim ao povo brasileiro.

Reply

Sal grosso nelles!

Todos unidos contra a corrupção:

Lista de Apoiamento - Projeto de Lei de Iniciativa Popular:

"10 Medidas Contra a Corrupção" - do Ministério Público Federal do Paraná

Força-Tarefa Lava Jato:

http://www.combateacorrupcao.mpf.mp.br/10-medidas

Reply

Vamos conversar:

pra ter uma ó posição tão frufru assim só pode ser rabo preso.

Tem que ter o dedo limpo pra poder apontar o sujo, né?

Reply

Nada a ver Coronel. todos os 26 Governadores tiveram que comparece. em nenhum momento eu vi os Governadores do PSDB e principalmente o Alckmin a quem o Senhor adora atacar. e inventa histórias falsas contra ele. o que é lamentável porque eu quero ver o Aécio ganhar alguma coisa sem a ajuda do Alckmin e de SP.e não adianta vim com aquela história que o Aécio tem voto em SP. porque isso é mentira. eu votei no Aécio por causa do Alckmin. pois o Lula e a Dilma ficaram 12 anos no poder graças a traições do Aécio que apoio o Lula e a Dilma em todas as eleições.SP não esquece. votou no Aécio sim mais por causa do Alckmin e do PSDB que domina SP. se não nem pro segundo turno o Aécio tinha chegado. por tanto coronel fica atacando o Alckmin agora só que perde com isso é o Aécio que vai precisar dele em 2018. eu acho desnecessário atacar ele. o senhor tem que ataca é o PT não o Alckmin ou os Governadores do PSDB. pois o Aécio se fosse Governador estaria do lada da Dilma com sempre esteve.

Reply

Ói, ói o trem...

Ói o trem... vem chegando na estação...

Ói, ói o trem...

Sal grosso e Sergio Moro nelles!

Reply