Itália autoriza a extradição do mensaleiro Pizzolato, mas ainda cabe último recurso.

 
(Estadão)O Tribunal Administrativo Regional do Lazio, negou, nesta quinta-feira, 4, o recurso apresentado pela defesa de Henrique Pizzolato, condenado no mensalão, e autorizou a extradição do petista ao Brasil. A informação foi confirmada por Giuseppe Alvenzio, representante do Ministério da Justiça italiano. Agora o caso volta ao Ministério da Justiça italiano, que vai fixar entre hoje e sexta-feira a nova data para a extradição do condenado. A partir daí, o governo brasileiro terá 20 dias para realizar a transferência. A defesa de Pizzolato já disse que vai recorrer ao Conselho de Estado - segunda instância - que deve analisar o novo recurso.  

Em comunicado, o Tribunal Administrativo declarou que a decisão dos juízes foi tomada por não haver nada de ilógico ou errôneo na decisão do Ministro da Justiça Gabriel Orlando, que autorizava a extradição de Henrique Pizzolato ao Brasil. O tribunal também ressalta os compromissos assumidos entre ambos países, que afirmam que Pizzolato ficará em uma ala especial da prisão de destinação e não juntamente com outros presos.

13 comentários

Petralha é petralha tem de morrer na cadeia.

Reply
Zé Ignorante mod

Esta novela deste Pizzolato já esta enchendo o saco. A Italia que fique com
este saco de estrume por la e façam bom proveito.
Se o cara vir para cá, já esta acertado que não ficará na "masmorra" junto com
os outros presos, pois tem pedigree, é petralha. Também existe o aparelhamento
do Supremo, que a exemplo dos outros, logo sera solto. Sendo assim, o melhor é
este estropício ficar por la mesmo. De vagabundos, já estamos cheios.

Reply

Para quem prefere morrer a encarar uma prisão brasileira vai ter que arrumar outro passaporte falso. Qual será o cadáver que vai "ajudá -lo" dessa vez? Apesar de que sempre haverá uma ala VIP nas " masmorras da Idade Média " para os p etralhas. " Si avexe, não, Pizzolato! "

Reply

Agora vai...

Reply

hmmmmmm....conselho de estado tem cheiro de decisão politica, com a infeliz coincidência da presença do maior bandido do mundo em visita ao país , com entourage oficialmente cedida pelo governo orcrim.

Reply

Como é isso de ficar em ala especial? Por acaso quem rouba dinheiro público é uma categoria especial? Que imundície é essa? Isso tem de acabar!

Reply

Acho que teria sido melhor ficar lá mesmo, pelo menos iria cumprir a cadeia na totalidade.

Reply

Pizzolato,aquele negão,o Tripé,está louquinho pra vc. chegar na Papuda.

Reply

Darei um conselho para este ladrão petista, fale tudo que sabes antes que seja tarde, voltarás ao Brasil para cumprir a tua pena na papuda, lembra o que aconteceu ao Celso Daniel, a tua quadrilha vai calar-te na prisão, o diabo te espera de braços abertos.

Reply

Coronel,
parece que o "distinto" terá de amargar uma cafua no Brasil.

Reply

Não gostei daquela foto do bandidão-chefe em efusiva companhia do primieiro-ministro italiano, tendo em vista que o tal último recurso é político, junto a um tal Conselho de Estado.
Será que alguém deve algum favor ao vagabundo que manteve o Battisti por aqui
e pode aproveitar o ensejo para retribuir ????

Reply

Já tenho minhas dúvidas se esse bandido volta para cumprir a pena, depois da visita do seu chefe à Itália...

Reply
Paulistano Estressado mod


Acho que a Itália quer mesmo é se livrar de mais um traste: "se eles querem,pois que fique por lá..ma non é vero ? "

Reply