PSDB garante votos contra Fachin na CCJ.

 
Segundo nota do partido, em decisão do seu presidente Aécio Neves, amanhã, o PSDB estará presente em sua totalidade na representação que possui de três cadeiras na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, tendo como seus titulares os senadores Aloysio Nunes, Cássio Cunha Lima e Antonio Anastasia. Aécio, que não é titular nem suplente na CCJ, estará em New York, em evento onde o Fernando Henrique Cardoso será homenageado.

São esses os senadores tucanos que, segundo o PSDB, atuarão, nesta terca-feira (12), nos questionamentos a serem feitos ao advogado Luis Edson Fachin, nesta fase de avaliação do seu nome para ocupar vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Por meio de seus titulares na CCJ, o partido fará os devidos questionamentos e buscará esclarecimentos para as denúncias que vêm sendo publicadas, como sempre o fez. Da mesma forma, a bancada do PSDB estará presente em sua totalidade na votação em plenário da indicação de Fachin, essa sim, etapa decisiva para aprovação ou rejeição pelo Senado da indicacão ao STF. A sessão em plenário está prevista para a semana que vem.

9 comentários

ALELUIA!!! Vamos honrar os mais de 51 milhões de votos que o partido teve, PSDB!! Parece que a nossa pressão está surtindo efeito. Hoje enviei e-mails contra a escolha desse jurista petista-bolivariano para todos os senadores. Por favor, façam o mesmo.

Reply
Marco Balbi mod

Como vota o PSDB, Senador? Espero que a resposta seja o encaminhamento do voto não à indicação!

Reply

Pra quem interessar, blog sobre o grande liberal Roberto Campos.

http://alanternanapopa.blogspot.com.br/

Reply

De que adianta orientação se o Alvaro Dias vota como ele quer?

Reply

Anônimo 16:43

Alvaro Dias é suplente! Por isso Aécio Neves mudou os titulares na CCJ, para que estejam presentes.


Chris/SP

Reply

Um STF com Tóffoli, Barroso e Fachin é meio caminho andado para a desgraça. Como diz o ditado, nada é tão ruim que não possa piorar, As ideias desse sujeito são as piores possíveis, tanto que é apoiado (?) por Pedro Stédile. Queria saber o que se passa na cabeça do senador Álvaro Dias. Queria, porque liguei para seu gabinete e só falei com uma assessora, que só enrolou e não conseguiu explicar o inexplicável apoio do senador tucano ao advogado/procurador que "hagou" para a Constituição estadual, além de defender pensão para amante. Credo!

Reply

Coronel,
quem tem um Álvaro Dias na bancada e fazendo campanha para o Fachin, não precisa dizer mais nada.

Reply

Não faça isso, Álvaro Dias, não faça isso! Vai pro vinagre, sem dó nem piedade. Não teremos complacência alguma com sua traição descarada.

Mariana

Reply

Esssse Álvaro Dias deve ter um rabo de palha imenso, prestes a ser descoberto, só pode estar preparando o STF para tirar o seu da reta.

Reply