"Psolento" chama o presidente da CPI da Petrobras de "moleque". PT aos gritos e ranger de dentes tenta impedir trabalhos.

(Veja) Tumulto, bate-boca e histeria de deputados do PT e Psol marcaram nesta quinta-feira a primeira reunião deliberativa da CPI da Petrobras, em que ficou ainda mais clara a divisão entre PT e PMDB na Câmara. Petistas, acompanhados de deputados do Psol, tentaram interromper a sessão aos gritos para evitar que o presidente da comissão, Hugo Motta (PMDB-PB), anunciasse os subrelatores designados para aumentar a eficácia das investigações.

Os descontentes diziam que o presidente não poderia nomear os subrelatores por conta própria, sem consultar as outras lideranças ou submeter o tema a votação. Apesar dos protestos, Hugo Motta chegou a anunciar quais serão as quatro subrelatorias: a primeira vai investigar o superfaturamento e a gestão temerária na aquisição de refinarias. A segunda terá como foco a contratação de subsidiárias que serviram para o pagamento de propina. A terceira investigará o superfaturamento na construção de navios. A última terá como alvo a contratação da empresa Sete Brasil e a venda de ativos da Petrobras na África. A divisão do trabalho tira poder do relator da CPI, Luiz Sérgio (PT-RJ) - especialmente porque não deve haver petistas entre os subrelatores.

Hugo Motta anunciaria em seguida o nome dos subrelatores, mas foi interrompido por um tumulto criado pelos deputados do PT e do Psol. Aos gritos, eles abafaram a leitura do texto. Como Hugo Motta não interrompeu a apresentação das subrelatorias, eles se levantaram e se dirigiram à mesa para protestar. Edmilson Rodrigues (Psol-PA) era o mais exaltado e chamou Motta de "coronel". Afirmou ainda que Motta é "moleque". E emendou: "Cabelo branco não é sinal de respeito". O presidente da CPI também elevou a voz para pedir respeito: "Não serei nenhum fantoche para me submeter a pressão de quem quer que seja", disse ele. Também participou da gritaria o afilhado político do mensaleiro João Paulo Cunha, deputado Valmir Prascidelli (PT-SP).

Na sequência, Motta conseguiu nomear os subrelatores: Altineu Cortês (PR-RJ) ficará com a subrelatoria que investigará as refinarias, Bruno Covas (PSDB-SP), com a das subsidiárias, Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), com a dos navios e André Moura (PSC-SE), com a que investigará a Sete Brasil e as vendas de ativos na África. Hugo Motta anunciou também a contratação da consultoria Kroll para auxiliar os trabalhos.

No início da sessão, a CPI elegeu seus vice-presidentes. Antonio Imbassahy (PSDB-BA) será o primeiro. Félix Mendonça Júnior (PDT-BA), o segundo. O terceiro será Kaio Maniçoba (PHS-PE). O presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) apareceu no fim da manhã na CPI e afirmou que está disposto a falar ao colegiado se convocado. Cunha estaria entre os políticos na lista enviada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal com pedidos de investigação contra os citados na Lava Jato.

13 comentários

LULA E DILMA ESTÃO NA LISTA


http://ataqueaberto.blogspot.com.br/2015/03/nova-informacao-citando-lula-e-dilma-na.html

Propina das empreiteiras Mendes Junior e GDK na Operação Lava Jato
Ministro da Integração – Gilberto Occhi
Presidente da Câmara – Eduardo Cunha (PMDB)
Senador Humberto Costa (PT)
Deputado Eduardo da Fonte (PP)
Conselheiro do Tribunal de Contas do Município e ex-ministro das Cidades – Mario Negromente, e seu irmão Adarico Negromonte Filho (envio de dinheiro do doleiro Youssef)
Ex-governador da Bahia – Jaques Wagner (PT)
Propina da Construtora Queiroz Galvão / Tubovias na Refinaria Abreu e Lima
Senador Ciro Nogueira (PP)
Propina da Refinaria Abreu e Lima pagas pelas empreiteiras Queiroz Galvão, Odebrecht e OAS
Ex-governador de Pernambuco – Eduardo Campos (PSB)
Ex-presidente do PSDB – Sérgio Guerra
Deputado federal - Eduardo da Fonte (PP-PE)
Chefes de esquema:
Chefe da Casa Civil – Aloízio Mercadante (PT)
Ex-ministro – Antônio Paolocci (PT)
Ex-ministro – José Dirceu (PT)
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Presidente Dilma Rousseff
Senador Renan Calheiros (PMDB-AL)
Presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN)
Ministro de Minas e Energia – Edson Lobão
Ex-ministro – Gleisi Hoffmann (Casa Civil)
Ex- Ministro Mário Negromonte (Cidades)
PT
Antônio Palocci – ex-ministro dos governos Lula e Dilma
Gleisi Hoffmann – senadora e ex-ministra da Casa Civil
Lindbergh Farias – senador (RJ)
Tião Viana – governador reeleito do Acre
Delcídio Amaral – senador (MS)
Cândido Vaccarezza – deputado federal (SP)
Vander Loubet – deputado federal (MS)
PMDB
Renan Calheiros – presidente do Senado (AL)
Edison Lobão – ministro de Minas e Energia
Henrique Eduardo Alves – presidente da Câmara (RN)
Sérgio Cabral – ex-governador do Rio de Janeiro
Roseana Sarney – ex-governadora do Maranhão
Valdir Raupp – senador (RO) e 1º vice-presidente do partido
Romero Jucá – senador (RR)
Alexandre José dos Santos – deputado federal (RJ)
PP
Ciro Nogueira – senador (PI)
João Pizzolatti – deputado federal (SC)
Nelson Meurer – deputado federal (PR)
Simão Sessim – deputado federal (RJ)
José Otávio Germano – deputado federal (RS)
Benedito de Lira – senador (AL)
Luiz Fernando Faria – deputado federal (MG)
Pedro Corrêa – ex-deputado federal (PE)
Aline Lemos de Oliveira – deputado federal (SP)

FONTE ORIGINAL DA NOTÍCIA - http://folhadosul.blogspot.com.br/2015/03/exclusivo-lula-e-dilma-na-lista-do.html?spref=tw
Postado por Milton Simon Pires às 00:30:00
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar com o Pinterest
Postagem mais antiga Página inicial
Assinar: Postar comentários (Atom)


Reply

É... Quem não deve, não teme!
Neste caso, quem deve, teme!!!
A Petralhada está desesperada!!!!

Reply

Chupem patralhas, seu tempo acabou. Vai restar pra vocês a gritaria de antanho, pois seus argumentos se esvaneceram.

Reply

Vale à pena ler este OFF de O Antagonista. GENIAL !!!!

A NOSSA CORRESPONDÊNCIA COM PAULO OKAMOTTO

O Antagonista tomou conhecimento apenas hoje de uma "Carta Aberta de Paulo Okamotto em resposta ao blog O Antagonista", postada no site do Instituto Lula em 3 de março. Resolvemos publicá-la aqui, até para que Paulo Okamotto tenha a chance de divulgar melhor a sua contrariedade:

Senhores Diogo Mainardi e Mario Sabino,

Vivemos em um país democrático e, nele, as pessoas podem falar o que quiserem e até ganhar dinheiro com isso. É condenável, porém, que publiquem notícias falsas e deliberadamente caluniosas, como os senhores fizeram no blog O Antagonista em matéria intitulada "Renato Duque está solto a pedido de Lula".
As informações contidas na matéria são completamente inverídicas, tanto no que me diz respeito quanto ao ex-presidente Lula. O que, aliás, os senhores comprovariam se tivessem tido a dignidade de me perguntarem antes, frente a frente, diretamente, o que queriam saber. Mas não o fizeram, preferindo publicar injúrias não só contra nós, mas também contra o Supremo Tribunal Federal.

Paulo Okamotto
Presidente do Instituto Lula


A nossa resposta:

Senhor Paulo Okamotto,

Vivemos em um país democrático, apesar das tentativas autoritárias dos governos do PT de cercear a liberdade de opinião e expressão, e, nele, certas pessoas podem falar o que quiserem contra a imprensa independente e até ganhar dinheiro público com isso, proveniente de estatais administradas pelo Partido dos Trabalhadores. É condenável, porém, que essas pessoas publiquem notícias falsas e deliberadamente caluniosas, como ocorre nos blogs sujos patrocinados tanto pela administração Lula como pela administração Dilma. As informações contidas na matéria: "Renato Duque está solto a pedido de Lula" são completamente verídicas, confirmadas por fontes insuspeitas de quaisquer crimes. No entanto, propomos ao senhor e ao ex-presidente Lula que tenham a dignidade de nos conceder uma entrevista, frente a frente, olho no olho, para que, além de darem a sua versão sobre o fato reportado por nós, esclareçam nossas poucas dúvidas a respeito dos seguintes assuntos: mensalão, a acusação de que o senhor ameaçou Marcos Valério de morte, petrolão, uso abusivo de cartões corporativos da Presidência da República, atuação de Rosemary Noronha como lobista, sucesso empresarial de Lulinha, financiamentos do BNDES a empreiteiras com contratos em países africanos, as ligações com o grupo JBS/Friboi e a ameaça de usar a turma do Stedile para promover um banho de sangue no país.

Agradecemos antecipadamente a atenção,

Diogo Mainardi e Mario Sabino

http://www.oantagonista.com/posts/a-nossa-correspondencia-com-paulo-okamotto#comentarios


Quero ver o CAGÃO DO LULA convidar para uma entrevista! hahaha


Chris/SP

Reply


Do Blog
Lauro Jardim

Assim que começaram a pipocar rumores de que Aécio fora citado por Youssef num depoimento, Aécio entrou em contato com Kakay, que foi a Curitiba tentar entender em que contexto se deu a tal citação. A fala de Youssef, depois de instado pelos interrogadores, foi vaga, na base do “ouvi falar”, sem qualquer detalhe.

Para Kakay, como a delação premiada pressupõe um ato voluntário do delator, “ficou patente que neste caso houve uma postura deliberada do MP para colocar o Aécio na Lava-Jato”.

E AÍ O JANOTÃO LARÁPIO INCLUI O NOME DELE PRA SE IGUALAR A GILMA LARÁPIA

Reply

off

Para descontrair um pouco, leiam o texto abaixo no O ANTAGONISTA. É ótimo!!!

AGAMENON: Walking Dilma

http://www.oantagonista.com/posts/agamenon-walking-dilma

Blog: http://www.casseta.com.br/madureira/



Chris/SP

Reply

Qual o nível de confiabilidade dessa lista? O Teori ainda mantém sigilo, ou não? De qualquer forma, A CASA TÁ CAINDO!!!!!!

Reply

Atencao Coronel. Essa lista de um anonimo e falsa e esses links nao existem.

Reply


Esta república que não é "Res" e nem "Publica", mas particular do corruptos, tem que cair pelo bem de todos os brasileiros.

Oh Já-Not, borrou-se ???.

Não se esqueça já-not que a vida é efêmera e ninguém fica para semente. Cumpra Já o seu dever.!!!.

Reply

Quanto MAIS divisão entre o PT e PMDB tanto melhor para o Brasil!
Que passem a se estranharem sempre, pois se o PMDB não abrir os olhos, o PT o engolirá, fazendo picadinho dele como aperitivo!!

Reply

O Brasil precisa de um grande partido nacional de direita que mude as feições desse pais, sua convicção de povo fraco e miserável, para tanto é preciso fazer a limpa completa e lançar essa igreja de porcos miseráveis a ICAR no sumidouro do esgoto.

Essa organização criminosa, internacional, apátrida e quinta coluna precisa ser expulsa do território nacional, seu patrimônio anexado, emitir ordem de prisão contra suas lideranças ainda que com vigência apenas em território pátrio e por fim conclamar os brasileiros de bem que abraçam essa tradição a reconstituí-la em caráter nacional, um cisma brasileiro contra esses vermes comunistas.

São medidas mínimas para ser formar um pais real e não o amontoado de esterco comunista hora existente.

Reply
fred oliveira mod

Hora do embate politico e da populaçao decente dar apoio `as investigaçoes no congresso. Nao adianta falar da desilusao poitica. Isto quase todos sentimos.Temos, no entanto, que somar em diversas frentes, para colocar o Brasil em outra era.

Reply

O japonês quis dar uma de macho para cima do antagonista, mais na hora da onça beber água japonêis
mijô prá tráis e ainda encheu as carças.


Reply