Em baixa, Dilma planeja manipular opinião pública via compra agressiva de mídia e financiamento aos blogs petistas.

Dilma, em reunião com os blogs chapa branca, nos bons tempos...
 
Abaixo, Editorial do Estado de São Paulo, publicado hoje, com o título " A manipulação da comunicação".
 
É intrigante que no mesmo dia em que uma devastadora rodada da pesquisa Datafolha revela que 62% dos brasileiros reprovam o governo Dilma, o Palácio do Planalto tenha deixado vazar um documento de circulação interna, elaborado pela Secretaria de Comunicação Social (Secom) e divulgado com exclusividade na tarde de terça-feira pelo portal do Estado na internet, contendo duras críticas à política oficial de comunicação e propondo como solução investimentos pesados em publicidade, inclusive por parte da administração municipal paulistana.

E é preocupante observar a coincidência dos argumentos levantados pelo documento da Secom com aqueles de setores ideológicos do petismo que partem do princípio de que, entre outras iniciativas manipuladoras da opinião pública, “investimentos pesados” em publicidade são capazes de moldar a percepção que as pessoas têm da realidade de acordo com a vontade dos detentores do poder.

Sem minimizar o papel da comunicação, imaginar que se pode construir uma imagem da realidade com base no princípio de que uma versão repetida ad nauseam acaba aceita como verdadeira só é possível em regimes autoritários que suprimem o contraditório impondo, por exemplo, o “controle social da mídia”. Numa sociedade livre, a realidade acaba prevalecendo.

Afirma a análise da Secom que “Dilma e Lula são acusados pela corrupção na Petrobrás e por todos os males do País”. Ora, desde que chegaram ao poder, Lula e o PT se empenharam em propagar a versão de que “nunca antes na história deste país” houve governos tão maravilhosos. Enquanto tinha algum lastro na realidade, com investimentos sociais fortemente propagandeados e crescimento econômico baseado em fundamentos sólidos e favorecido pela conjuntura internacional, o “nunca antes” funcionou bem a ponto de garantir mais três eleições presidenciais para o lulopetismo.

Aí Dilma Rousseff entrou em cena e se encarregou de fazer tudo errado. O País piorou a olhos vistos e bolsos esvaziados. Enquanto tudo corria bem, o PT atribuía a bonança a suas próprias qualidades; já o desastre é culpa alheia. O problema é que, segundo o Datafolha, apenas 13% dos brasileiros, que já foram 65%, consideram o governo petista ótimo/bom. E não foi a propaganda que fez isso.

Na verdade, o documento da Secom tem muito mais a ver com o partido do governo do que com o próprio governo. Fossem outros os tempos, os funcionários que o redigiram seriam responsabilizados pelo uso delituoso de dinheiro público com finalidade típica e exclusivamente partidária, ou seja, particular. São setores ideológicos do PT, encastelados na administração, que continuam defendendo o “controle social da mídia”, projeto que a presidente da República engavetou nos primeiros dias de seu primeiro mandato, mantendo-se firme nessa postura louvável.Trata-se, portanto, de mais um ponto de conflito entre Dilma e o PT, como também acontece no momento em torno das medidas por ela propostas para promover o ajuste fiscal.

O trabalho da Secom extrapola os limites da comunicação para fazer duras críticas de natureza política ao governo e ao PT, no que endossa muitos dos argumentos que têm sido usados por Lula em seus mais recentes e espinhosos contatos com a presidente, inclusive o de que ela precisa se expor mais para defender sua administração, “não importa quantos panelaços eles façam”.

O documento considera altamente negativo o fato de o governo ter praticamente abandonado as redes sociais e os blogueiros que lhe são fiéis e lamenta o fato de que “as páginas dos deputados e senadores do PT pararam de defender o governo”. E propõe a reformulação do núcleo de comunicação social, que passaria a concentrar sob a mesma coordenação a Voz do Brasil, as páginas oficiais na internet e a Agência Brasil, de modo a potencializar o noticiário oficial favorável ao governo.

Cada um sabe onde lhe aperta o calo, por isso é compreensível que o ministro da Secom, Thomas Traumann, esteja preocupado com o desempenho da área sob sua responsabilidade nesta crise. Deveria preocupar-se com outras coisas. Fossem estes tempos de vergonha na cara, funcionários públicos não dilapidariam a Fazenda Pública com o tempo que devem ao serviço público, produzindo documentos para orientar ação partidária.

14 comentários

A petezada nunca entende nada, essa gente não muda, não aprende nada, sempre os culpados são os outros. Eles são Vítimas é da PRÓPRIA incompetência!!!

Reply

"Se o PT quer pagar os blogs sujos, que o faça com o seu dinheiro, não com o da população. Se o PT quer a simpatia de emissoras de televisão, que compre lá um horário, em vez de empregar a verba de publicidade, que é disciplinada pela Constituição e pelas leis." R.A.

Reply

Essa jumenta estelionatária está convencida de que pode mudar a realidade com discurseiras e propaganda.Usaram desse recurso por 12 anos.Concentram seus esforços e verbas aí.Se sobrar algum tempo dedicam-se "en passant" à educação, à pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico, ...essas besteiras!!!

Reply

Coronel,
quero ver agora a Rainha Louca fazer isto novamente. A Oposição tem de continuar acochando. Não pode dá trégua.

Reply

Onde esta o MP que não se manifesta contra a inconstitucionalidade criminosa do braço armado do PT? como pode essa organização terrorista alcunhada de mst continuar operando livremente no território nacional?
Os manifestantes precisam entender duas coisas, ainda que os 200 milhões de brasileiros saiam as ruas em protestos esse governo não largará o osso, por outro lado é preciso fazer pequeno protestos na frente dos fóruns, na frente das sedes do MP, na frente das assembléias legislativas e exigir a completa criminalização desse grupo, é preciso também dar a justa resposta aos "esculachos" da esquerda e ir para a frente da casa dos líderes da corrupção fazer esculacho contra eles com baldes de tinta vermelha notas fantasia e tudo o mais.
A oposição tem que ser sistemática, sem trégua, diária, de dia e de noite e só pode ter um objetivo um foco claro, a criminalização do marxismo no pais e a extinção de todos os partidos que dessa ideologia se alimentem.

Reply

já era o tempo se foi, rua novamente...agora é gasolina cara, fome...

Reply

Verdade, se preparem para o bando de Trolls invadindo todos os espaços possíveis com argumentos que só trouxas ou bandidos ¨cumpanheros¨ adoram ou acreditam.

Reply

Muy buenas Coronel.
Pobre do meu Brasil, em mãos destes terroristas anistiados...agora seguem com suas práticas, encobertos pela legalidade. Dilma et caterva, são medíocres, acéfalos e bandidos. Um corrupto destes, esta tirando do povo um melhor atendimento médico, melhores escolas e universidades, melhores estradas e um sem fim mais de coisas. Lugar de corruPTo PeTralha, é na cafua.

Reply

CORONEL

A bandalheira governamental segue impávida, destemida e sobretudo descarada.
Como os efeitos da LAVA RATO estão secando as fonte, o governo propõe um aumento de 200% no FUNDO PARTIDÁRIO.É um bundalelê com dinheiro publico.

Reply

CEL,

Dois dias após as manifestações contra o DESGOVERNO petista e sua corrupção, a presidente Pinóchia anunciou com pompas e circunstâncias um "pacote" de medidas contra a corrupção para agradar os incautos, nada que já não seja atendido pela legislação atual. Atenção, atenção os que dormem em pé, eles não largam o osso, esse pacote é puramente para manipular e acalmar a opinião pública e permitir que NÃO SE VÁ ADIANTE com as investigações do caso Petrolão, QUEREM SALVAR a pele dos CABEÇAS através desse novo, mais um, golpe. "Combate à corrupção é coerente com a minha vida" disse a presidente. Pois eu pergunto, onde está a coerência Pinóchia, está se referindo à Estela, à Maria Lúcia dos Santos ou à Maria Guimarães Garcia. Quanta coerência hem Pinóchia, além de mentirosa, incompetente, corrupta, terrorista, também é falsária pois falsificou carteira de estudante, título de eleitor, identidade e etc. Quanta coerência!

Índio Tonto/SP

Reply

Esperar o quê de uma organização govenamental criminosa!

Reply
fred oliveira mod

Manipular a opinião publica e´grave crime. Não querem melhorar o governo e sim, a comunicação, como se o caos que vive o país fosse falta de comunicação.

Reply

Botam desedorante mas não tomam banho...

Reply

A incompetência não é da Dilma,tudo isto é tramoia,bem estudado.Planejado pelos comunistas,faz parte.Temos que ir pra frente dos quarteis com faixas pedindo INTERVENÇÃO,qualquer outra coisa não sigam e mentira.

Reply