Caminhoneiros negociam com Congresso antes do buzinaço de Brasília.

(Correio)Os caminhoneiros aglomerados na BR-040, na altura do Gama, no Distrito Federal, aguardam o desfecho das reuniões que os líderes estão tendo com deputados no Congresso Nacional para decidir se entram em Brasília ou permanecem concentrados às margens da rodovia. Os motoristas não estão obstruindo a estrada para não receber as pesadas multas com as quais o governo ameaçou quem promovesse bloqueios.

Mais cedo, deputados foram até o local onde estavam paradas dezenas de caminhoneiros, sobretudo da região Sul e de Mato Grosso, para dar apoio aos manifestantes. Os parlamentares disseram que vão tentar trancar a pauta da Câmara dos Deputados até que o governo volte a dialogar com a categoria, que negociou a concentração dos caminhões no estacionamento do Estádio Nacional Mané Garrincha.

Alguns caminhoneiros garantiram que seguirão para Brasília ainda na noite desta segunda-feira (2/3), assim que receberem o comando dos líderes, entre eles, Ivar Luís Schmidt, líder do Comando Nacional do Tranporte e Maurício Devenci Vendrame, representante dos caminhoneiros de Santa Catarina.

10 comentários

O que eu mais desejo é que resolvam o problema destes trabalhadores de forma justa. Eles não estão pedindo bolsa família ou qualquer esmola federal o que eles querem é ter um justo salário pelo muito que fazem e se Dilma quer colocar a tropa na rua que coloque, quanto a vocês, meus bravos brasileiros, cruzem os braços que o desabastecimento se encarregará do resto.
Madame Presidenta deveria ter olhado com mais cuidado para o transporte de carga antes de mandar a fatura.
Ô anta! Como vai transportar a produção do campo, da indústria?
Caminhão parado é prejuízo pra todo lado. Entendeu ou quer que eu desenhe, portanto, pense duas vezes antes de soltar a tigrada e essa galera merece respeito, sem eles o Brasil e tu sifu.

Reply

Caminhoneiros do meu Brasil varonil, não desistam, o tempo está a favor de vocês pois sem transporte não há mercadoria, sem mercadoria não tem venda e sem venda não tem arrecadação e se ela resolver peitar vai faltar até o pão com mortadela que sustenta os movimentos sociais e se demorar muito a resolver o problema não terá mais os 50 conto para pagar militante.
Força aí e não arredem pé, a pauta de vocês é justíssima.

Reply

Para ter uma idéia de como anda o protesto no RS. Não usam os métodos do MST, não usam os métodos dos black block, são apenas trabalhadores da estrada reivindicando, mas apanham mais que o MST e os Black block.
Se lembram dos protestos do MST e Black block? Vale a pena ver o vídeo nesta página para entender a diferença de tratamento:
http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/transito/noticia/2015/03/prf-e-forca-nacional-entram-em-conflito-com-caminhoneiros-no-rs.html

Reply

È isso ai caminhoneiros, força, resistam, lutem, o Brasil inteiro agradece a vocês, vamos por essa trapaceira vagabunda pra correr.

Reply
fred oliveira mod

O governo deveria tratar melhor os brasileiros que trabalham, que nao dependem das bolsas governamentais. E os caminhoneiros estao certos em dizer que nao e' justo que eles paguem pela corrupçao institucionalizada no Brasil, nem eles e nem nenhum outro cidadao. Tai' os aumentos e a inflaçao, que corroi o pouco poder de compra que temos.

Reply

je suis caminhoneiro!

Reply

ao do twiter,comparar Maranhao com Gramado eh covardia!kkkkkk e concordo totalmente que agora a pegada eh no Judiciario,alias o imbroglio eh sempre ali!juizes sao "inacessiveis"!

Reply

e por falar em caminhoneiros, A Val Bendine nao comprou um monte de caminhoes com o emprestimo do BB????poderia dar uma força.......

Reply

Lembram da Blitskrieg. Era a guerra relâmpago inventada pelos alemães e copiado pelo mundo todo até hoje. Basicamente era (é) uma invasão por tanques sem intervalos, sem impedimentos, sem parar até o coração do inimigo (usando a surpresa, a velocidade e a MOTIVAÇÃO das tropas que sempre em qualquer início de qualquer campanha é muito grande). Esses deputados de Brasília jogaram água fria nos caminhoneiros, simples assim. Essa história de conversar (deputados e caminhoneiros) antes de entrar na cidade é para ¨apaziguar, esfriar, desmotivar¨ os ânimos dos manifestantes. O que pode (poderia) ser um grande protesto no coração da nação (antes mesmo do dia 15/03) acaba no seu entorno sem quase ninguém ficar sabendo. Resumo, esses deputados (não quero nem saber se são de oposição, situação ou o casse@#$te) estão tentando melar um belo protesto dentro de Brasília. E porque acho isso? ¨Mais cedo os deputados foram até o local onde estavam os caminhoneiros¨ e depois disso começou a conversa mole, o mais do mesmo.

Reply

Coronel,
fosse os bandidos do MST o desgoverno já tinha dado tudo e muito mais.

Reply