Um novo PSDB sem punhos de renda e com 51 milhões de votos.

De origem acadêmica, o PSDB fez ao longo dos 12 anos dos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff uma oposição "punhos de renda" que, segundo parlamentares tucanos, não se traduzia em ações de contenção ao poder do PT. A reeleição da presidente serviu de "rito de passagem" para o partido, que abriu a caixa de ferramentas antes mesmo do início do segundo mandato. 

Logo após a eleição, o partido - com o argumento de responder aos questionamentos nas redes sociais sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas - pediu uma auditoria no resultado das eleições. No momento seguinte, os principais líderes da legenda, como o senador Aécio Neves (MG) - candidato à Presidência derrotado no 2.º turno por Dilma -, iniciaram uma blitz retórica, como chamar o PT de "organização criminosa". 

Agora, dizem os tucanos, com a votação do projeto que flexibiliza a meta fiscal, é o momento da ação legislativa. "O governo saberá daqui para a frente o que é fazer oposição selvagem", disse ao Estado o líder tucano na Câmara, Antonio Imbassahy (BA), ele próprio autor de 12 discursos de ataque ao governo Dilma na sessão de 18 horas que aprovou a flexibilização das metas fiscais - iniciada anteontem e encerrada na manhã de ontem. 

O primeiro discurso de Imbassahy foi feito às 10h28, 25 minutos antes da sessão do Congresso alcançar o quórum necessário para apreciar dois vetos da presidente Dilma e as mudanças na meta fiscal. O último ocorreu às 4h38 minutos da madrugada de ontem, antes do encerramento às 5h. Em cada um deles Imbassahy acusou o governo de envolvimento em corrupção, de ter quebrado o País, e de fazer maquiagem para tentar se salva. Também citou a delação do executivo Augusto Mendonça, do grupo Toyo Setal, que disse que doações eleitorais ao PT eram parte da propina cobrada em contratos da Petrobrás. 

Na mesma linha "oposição selvagem" dos tucanos, o deputado Domingos Sávio (MG) fez 15 pronunciamentos. Já o líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (SP), fez seis intervenções. Numa delas, evocou o segundo livro de Samuel, na passagem em que o rei Davi é perdoado depois de reconhecer que errou ao seduzir a mulher de Urias. "A presidente errou, mas não reconhece. E erra de novo. Não será perdoada", sentenciou Aloysio Nunes Ferreira. Imbassahy, Aloysio Nunes e Domingos Sávio fazem parte da tropa de choque do PSDB, disposta a não dar sossego ao PT. 

Preço. Mas o próprio Aécio, que é presidente do partido, também foi para o ataque, durante a longa sessão que tratou da mudança na meta de ajuste fiscal. Disse que Dilma tinha posto o Congresso "de cócoras" ao editar decreto condicionando a liberação de emendas parlamentares à aprovação da proposta do ajuste fiscal. Aécio fez as contas e chegou à conclusão que cada parlamentar valia R$ 748 mil no preço do governo. 

Imbassahy diz que os tucanos estão animados. "É como se a gente estivesse numa partida de futebol, com o estádio cheio. Nosso candidato à Presidência da República teve 51 milhões de votos. Cada vez que nos manifestamos aqui, estamos nos manifestando para 51 milhões de eleitores. Isso dá um ânimo danado para brigar." (Estadão)

15 comentários

Pois é, pediram auditoria nas urnas, não sei quantos as outras pessoas mas até agora este assunto parece ter sido esquecido ou foi só fogo de palha.

Reply

É bom lembrar,que estes 51 milhões são os que produzem a riqueza deste país,são as pessoas dotadas de raciocínios,que não se vendem por um prato de comida e nem aceitam ser liderados por uma "facção criminosa",que se matem no poder as custas de uma eleição fraudulenta.


Túlio Xavier

Reply

Está melhorando, mas está difícil para o PSDB livrar-se dos punhos de renda.
Aécio vai lá, enquadra o pt, dá a cara para bater e..........o Alckimin, o governador mais votado do Brasil, faz um papelão dando loas à dilma, permite a governanta de continuar se afogando no mar de lama, por empréstimo que é para uma PPP, com dinheiro do FAT, da Caixa e os escambau e que vai ser pagos pelos população de São Paulo.
Alckimin, Alckimin: Daqui a pouco vai desfilar por aí com bótãos da Caixa.
Marcos Pereira

Reply

Coronel e amigos da oposição; é louvável o que nossos representantes fizeram, não fugiram de suas obrigações como nossos líderes. Vou escrever um email a cada um dos quatro que o coronel citou nessa postagem, agradecendo especialmente pelo que fizeram no dia 03-04/12. Vamos motivar nossos líderes!Vamos dizer a eles que estamos agradecidos e orgulhosos de sua atuação e que, cada vez que eles subiram na tribuna para discursar nestes dias, estavam emitindo também nossos apelos, falando em nosso lugar! E como é bom ouvir se levantarem as vozes da razão!! Nossos corações cansados, sofridos com tantas decepções ao longo dos últimos meses, se fortalecem em saber que somos representados por nossos líderes!
Patrícia Gonçalves

Reply

"De origem acadêmica, o PSDB fez ao longo dos 12 anos dos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff uma oposição "punhos de renda" que, segundo parlamentares tucanos, não se traduzia em ações de contenção ao poder do PT."

Eis aí a confissão dos tucanos. E estou certo de que foi a cobrança do eleitorado que os fez despertar, além do que, se sumissem como fez Serra e todo o partido apos sua derrota, seriam extintos.
Isso é mérito nosso, e não menos deles. Sinal que estão evoluindo e com eles a esperança de voltarmos ao estado democrático.
Ainda bem que não lavei a boca com sabão. eheh

Reply

Concordo com Tulio Xavier (08:25) que disse:

" É bom lembrar,que estes 51 milhões são os que produzem a riqueza deste país,são as pessoas dotadas de raciocínios,que não se vendem por um prato de comida e nem aceitam ser liderados por uma "facção criminosa",que se matem no poder as custas de uma eleição fraudulenta."

Agora, muito me surpreendeu o comportamento do Sr. Geraldo Alckmin que, segundo li na imprensa, ele incentivou o PSDB a votar pelo sim, porque isto seria favorável aos governos dos estados. O que é isto???????
NÃO GOSTEI de saber que o governador mais votado, do estado mais importante do país, tenha tido este comportamento. UM VERDADEIRO PAPELÃO !


Chris/SP

Reply

51 milhões de eleitores decentes contra uma cambada de vagabundos, bandidos e burros. Parece pouco mas NÓS é que temos o dinheiro, a inteligência, o trabalho, terras, patrimônio a nosso favor. Somos nós que pagamos a conta toda dessa pocilga e sustentamos a parte dos brasileiros porcarias inúteis que votam nestes comunistas bandidos. É só querer que nós podemos vencer essa maioria de gentalha lixo humano. SELVA!!!!

Reply

Uff! Mas não se trata de oposição selvagem como quer o PT, mas da OPOSIÇÃO DE FATO E DE DIREITO que nós, os 51 milhões de eleitores do Aécio, ESPERAMOS por ter votado nele por seus próprios méritos e, também, por nojo desse governim de merda “comandado” pela militANTA sabidamente incompetENTA desde os seus tempos de sub, do sub, do sub (gostou da citação, ex?) na organização guerrilheira Colina. As novas lideranças do PSDB, partido que depois das últimas eleições acordou do seu sonho marxacadêmico (“o operariado no poder”), aliadas a outros representantes expressivos como Ronaldo Caiado (DEM), Jarbas Vasconcelos (PMDB, pois é...) e outros, precisam continuar a BATER FORTE para minar a força dessa Hidra de Lerna que nos ameaça e oprime e, finalmente, desconstruir (elles adoram este verbo!) o pesadelo PT. E, a partir da sua posse no Senado, é o que também esperamos de José Serra.

Reply

Essa galera que fica criticando a oposição, desconhece que há 12 anos a oposição é minoria no congresso?
Desconhece que a mídia não lhes dá evidência?
Acordaram hoje, os remelentos?

Reply
fred oliveira mod

Agora a oposição me representa e espero que os novos, que irão assumir na próxima legislatura não arrefeçam a pegada. O pt não pode ter tempopara reespirar, não por maldade da oposição mas pelo volume de ilicitudes, pela roubalheira comprovada até agora. Desde o mensalão que alguns dos juízes do supremo chamaram a ação dos petistas de ação de crime organizado. Agora, são juízes do TSE que estão estarrecidos pela corrupção na petrobrás, com ramificações em toda a estrutura do governo. Enfim, pela moralidade e superação dessa grande noite de sombras que envolve o Brasil, marcação cerrada, até que as condições se faça para i impeachement de Dilma e o indiciamento de Lula.

Reply

A prova factual de que se o povo empurrar o psdb para a direita, ele até choraminga e faz beicinho, mas vai! hahahahaha

Reply

Enquanto isso, a executora da bandalheira, a mando do PT e do Foro de São Paulo, se diz "muito satisfeita" com o resultado da votação "de cócoras" do Congresso Nacional.
Perguntamos: palavras daqui, palavras dali, e fica tudo como a sofisticada organização criminosa quer?
Basta!

Reply

Coronel,

É isso mesmo.

A Oposição deve ter a consciência de que representa a opinião de 51 milhões de brasileiros.

Não é pouca coisa ...

Forte abraço a todos os coturneiros e oposicionistas.

Reply

Coronel,
espero que o PSDB tenha fôlego para aguentar essa imprensa corrupta e comprada e o rolo compressor da instituição criminosa.

Reply

Tudo muito bom, mas o resultado final, não é satisfatorio, assim como a eleição, foi feito um bom trabalho, mas no fim, ganharam os fdps, e pior ganharam porque ganharam em minas, nas barbas de Aécio. Assim, é pouco, diante do trabalho que tem de ser feito para limpar a pocilga. Eles tem uma estrategia, uma inteligencia, com um resultado assustador nas ultimas 4 eleições, 2006, 2010, 2012 e 2014. Para acabar com isso, vamos ter de trabalhar muito, mas muito.

Reply