Clube da Corrupção aciona STF para tirar juiz Sérgio Moro da Lava Jato.

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, encaminhou ao juiz Sergio Moro, que julga a Operação Lava Jato, questionamentos que o advogado Fabio Tofic Simantob apresentou à corte sobre políticos citados na investigação. Para o advogado, que defende Gerson Almada, vice-presidente da Engevix, a PF sabia desde setembro do ano passado que deputados mantinham relações com o doleiro Alberto Youssef, mas o juiz só reconheceu o fato após a operação ter sido deflagrada, em 17 de março deste ano. 

Segundo Simantob, a omissão sobre a presença de políticos visa impedir que o caso seja remetido ao STF. Deputados federais só podem ser investigados pela corte porque gozam de foro privilegiado. Gerson Almada está preso na PF de Curitiba desde o último dia 14 sob acusação de pagar propina para obter contratos na Petrobras. 

Os políticos que apareceram na apuração em 2013, segundo o defensor, são os deputados André Vargas (sem partido-PR) e Luiz Argôlo (SDD-BA). Ele relaciona dois fatos que comprovariam a omissão: a PF cita o número do telefone de Argôlo em relatório de setembro de 2013 e a entrega de R$ 120 mil ao chefe de gabinete do parlamentar também naquele ano. O advogado diz que o juiz impede réus de citar os nomes de políticos que são acusados de receber propina com o mesmo objetivo: manter o processo sob sua condução. 

Procurado pela Folha, Moro não quis se pronunciar. Em questionamentos similares, ele disse que políticos não são investigados, mas sim o desvio de recursos da Petrobras. Para o juiz, se o dinheiro desviado foi posteriormente usado para pagar propina a políticos, ocorreu um novo crime, de corrupção, que não é objeto das ações que ele julga. Moro já escreveu que veta réus de citar políticos que são acusados de receber suborno para preservar a autoridade do Supremo.(Folha de São Paulo)

13 comentários

http://noticias.portalvox.com/politica/2014/11/mst-diz-que-nao-vai-deixar-fazenda-de-senador-e-pede-que-area-vire-assentamento.html
Olha o MST aí, de novo, gente !!

Reply

Se isto acontecer , o que eu espero que não aconteça , qual alternativa restaria ao povo brasileiro , considerando o que se fala por aí sobre aparelhamento ?

Reply

já vi esse filme.
Querem escolher juízes entre seus pares comprometidos com o projeto de poder.

Reply

As saídas seriam: porto, aeroporto ou sangue...

Reply

É, meus amigos, parece que não está longe o dia em que, aqueles que não querem pegar em armas para defender a Democracia, terão que deixar o País!!! Ou submeter-se!!!!!

Reply

Sérgio Moro é o tomas bastos do bem, da ordem.
Muito Inteligente e com perfeito conhecimento de seu trabalho, é melhor que maioria dos que estão no atual supremo.
Certamente não vai ser um advogadinho de m...., agora sem ajuda o terrível bastos que vai conseguir melar o processo.
Dá-lhe Moro, nessa cambada de safados!!!

Reply

E o povo brasileiro aceita tudo, não é mesmo?
Por isso os bandidos tomaram conta do País.

Reply
César de Castro Silva mod

Alguém tem alguma dúvida de que elles vão ser atendidos??????????
Eu não tenho, com o stf aparelhado da forma que está o valente juiz pode ir arrumando os processo para remeter para Basília.

Reply

Por certo pretendem escolher o Juiz.
O PT e adora as empreiteiras se acham donos do Brasil?

Tree

Reply
Leitor do Blog mod

Tem corrupto e corruptor doidinho para ver a orelha do juiz Sergio Moro em um envelope. A orelha dele está superprotegida e ele não se chama Aldo.

Reply

Se isso acontecer vamos rua pois somente assim esse pais tem jeito.

Reply

Esse juiz Moro merece homenagens por todo o país. Embora ele não espere nada disso, porque, mais claro que água limpa, o que ele quer é poder fazer seu trabalho na mais perfeita observação aos preceitos legais e morais.

Grande, imenso juiz Dr. Sérgio Moro. Minha admiração por ele não tem tamanho. Desejo que ele e sua família sejam muito, mas muito felizes.

Mariana

Reply

Este juiz é um orgulho para nós brasileiros verde amarelos. A dignidade deste homem nos dá coragem para enfrentarmos a comuno petralhada.

Reply