Enquanto Dilma defende as empreiteiras corruptas, o juiz Moro adverte que só o rompimento de todos os contratos pode impedir a continuidade da roubalheira.


SÈrgio Fernando Moro
Ontem Dilma defendeu que as empresas não devem ser punidas. Sérgio Moro, o juiz da Lava Jato, tem posição diametralmente oposta.

(Estadão) Em ofício ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) no qual sustenta a necessidade de manter o decreto de prisão preventiva dos executivos da empreiteira OAS  o juiz federal Sérgio Moro (foto), que conduz todas as ações da Operação Lava Jato, disse que “a única alternativa eficaz” para afastar o risco à ordem pública seria suspender todos os contratos com a Petrobrás e com todas os outros setores da administração pública.

Ao todo, cinco executivos da OAS estão preso na carceragem da PF em Curitiba (PR). A empreiteira é suspeita de integrar cartel que tomou o controle de contratos bilionários na Petrobrás. Ao decretar a prisão dos executivos, o juiz Moro alegou risco à ordem pública. Os advogados dos empresários entraram com habeas corpus no STJ pedindo revogação da ordem de prisão, alegando que eles se afastaram do comando da empresa. 

Nos ofícios encaminhados ao STJ referentes a cada réu, Moro assinala que “não é suficiente” o afastamento do acusado da empreiteira. Para o magistrado da Lava Jato, “não há como controlar ou prevenir a continuidade da interferência dele na gestão da empresa ou dos contratos”. 

“A única alternativa eficaz para afastar o risco à ordem pública seria suspender os atuais contratos da OAS com a Petrobrás e com todas as outras entidades da administração pública direta ou indireta, em todos os três âmbitos federativos. Somente dessa forma, ficaria afastado, de forma eficaz, o risco de repetição dos crimes”, assinalou o juiz. 

“Entretanto, essa alternativa não é provavelmente desejada pelo acusado ou por sua empresa e teria, sem cautelas, impactos negativos para terceiros, como demais empregados e para aqueles dependentes ou beneficiados pelas obras públicas em andamento”, anotou Sérgio Moro em  relação a cada um dos réus.

O juiz federal adverte que “grande parte do esquema criminoso permanece ainda encoberto, sem que se tenha certeza de que todos os responsáveis serão identificados e todo o dinheiro desviado recuperado”.

“A prisão cautelar do paciente se impõe, lamentavelmente, para prevenir a continuidade do ciclo delituoso, alertando não só a ele, mas também à empresa das consequências da prática de crimes no âmbito de seus negócios com a administração pública”, observou o juiz.

“Necessário, infelizmente, advertir com o remédio amargo as empreiteiras de que essa forma de fazer negócios com a administração pública não é mais aceitável – nunca foi, na expectativa de que abandonem tais práticas criminosas”, argumentou Sérgio Moro.

11 comentários

É, Coronel.

Enquanto Dilma e seus vassalos saem defendendo empreiteiras corruptas (diga-se: saem fazendo defesas tentando salvar suas próprias peles imundas), o digno Juiz Sérgio Moro adverte: “A prisão cautelar do paciente se impõe, lamentavelmente, para prevenir a continuidade do ciclo delituoso, alertando não só a ele, mas também à empresa das consequências da prática de crimes no âmbito de seus negócios com a administração pública”.

Água e óleo não se misturam. Principalmente água pura e óleo betuminoso degradado.

Vida longa ao Exmo. Sr. Dr. Juiz Sérgio Moro. Deus e os homens de bem lhe guardem e protejam. Que seja muito feliz com sua família, é o que desejo de coração.

Mariana

Reply

Pelo amor de Deus, ajudem o Juiz Moro a DAR UM PAU NESSA CORJA DE FDPs DO PT. Eles quebraram o Brasil e na maior cara de pau negam e continuam roubando.

É melhor suspender todos os contratos, quebrando de um vez o Brasil, para começar do zero com toda essa quadrilha do Lula fora da política.

Se ficar nessa de que é preciso manter algum bandido desses ainda em ação é claro que com a falta de vergonha na cara que petista tem, eles continuaram assaltando o patrimônio brasileiro sem nenhum pudor.

FORA LULA, DILMA, PT, RENAM, TEMER, PMDB E A CATERVA ALUGADA TODA.

Sem esses PULHAS o Brasil renascerá das cinzas com altivez e soberania.

FORA QUADRILHEIROS DO DIABO!

Reply

Cel,

É logico que ela vai defender as empresas trambiqueiras, ela tem o rabo preso com elas. Por isso, IMPEACHMENT JÁ. Não podemos ter dó de vagabunda, mentirosa, trapaceira.

Reply

O juiz Moro está sendo elegante e cauteloso sem perder o foco. A sanha delituosa só acabará com a eliminação de toda essa gente que de alguma forma tem ligação com o comando dessa associação criminosa, mafiosa , travestida de agremiação política,o PT.
A PETROBRÁS precisa passar por uma assepsia profunda, uma descontaminação.

Reply

Coronel,

não foi só Dilmaldita que defendeu esta ideia absurda. Seu papagaio de pirata - Porcão Garboso -está a repetir o mantra, na tentativa de salvar a caterva!

Flor Lilás

Reply

Faz sentido texto de RA!

UM ERRO DO JUIZ SÉRGIO MORO. OU: É BOM TOMAR CUIDADO COM HETERODOXIAS…

(...)
Que todos os culpados paguem pelo que fizeram na forma da lei. Mas na forma da lei. Não valeria a pena jogar fora o estado de direito nem que fosse para caçar bandidos. Parece que o juiz dispõe de argumentos para manter o seu ponto de vista sem ter de apelar para saídas heterodoxas.

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/um-erro-do-juiz-sergio-moro-ou-e-bom-tomar-cuidado-com-heterodoxias/


Chris/SP

Reply

Coronel,

Estejamos todos juntos com o nobre Juiz Sérgio Moro, defendendo-o dessa corja de larápios e fortalecendo-o cada vez mais, para quem sabe vermos algum dia a cúpula do PT no lugar que merece, ou seja, alijada da sociedade e da política.

Reply

Aaaaaa! mas ai vai parar o petê...digo, o pais, se bem que o pais é o petê, não o povo é o petê, bom, tudo é o partido mesmo, tanto faz.

Reply

O certo seria punir as empreiteiras envolvidas, pelo processo de inidoneidade, deixando-as de fora de licitações por um bom tempo. Dessa forma, abrir-se-ía oportuidades para outras empresas mostrarem suas capacidades, ou, então, trazer empresas de fora. Sei que a Lei 8666 não permite. Mas,...tudo é possível, quando se quer.

Cavalaria Ligeira

Reply
fred oliveira mod

Espero que ele nao nos decepcione como o Joaquim Barbosa, que cedeu `as ameaças e deixou o caminho aberto para as falcatruas. pelo menos se ele fizesse pronunciamento em defesa das investigaçoes, em apoio ao Sergio Moro, mas nao...bom, vamos continuar em nossa batalha por um pais honesto, livre das falcatruas, voltado para o progresso, a modernidade, sob o imperio das leis.

Reply

Épor que a corrupção continua.
Eles não tem mais nada a perder.


tree

Reply